Você sabe quais as diferenças entre tecido plano e malha?

Você sabe quais as diferenças entre tecido plano e malha?

Você saberia diferenciar o que é tecido plano e o que é malha?
Ambos são bastante usados e as características distintas os levam a ter diferentes e variadas aplicações. Na atualidade, não existem mais regras específicas para o uso destes tecidos, está tudo nas mãos dos estilistas, que possuem seus objetivos e a sua criatividade na hora de criar o design da peça. Hoje em dia é cada vez mais comum encontrarmos peças que unem diferentes bases têxteis. Portanto, para que o estilista alcance o melhor do resultado desejado na sua criação, é importante que ele conheça muito bem as características de cada tecido.

Características
Podemos dizer que a principal diferença entre os dois é que o tecido plano não estica muito quando você puxa as duas pontas da peça na direção oposta, a menos que tenha elastano em sua composição. Já a malha, possui o entrelaçamento de fios, por esse motivo é naturalmente mais maleável.

Tanto a malha quanto o tecido plano podem ser produzidos com uma vasta variedade de fios de fibras têxteis, sejam naturais, modificadas ou sintéticas. É comum encontrar também, tecidos planos e malhas que misturam fibras em uma variedade de combinações.

As fibras naturais são o linho, algodão, lã e seda. A viscose, rayon e cupro são fibras naturais modificadas (a matéria prima é natural, mas passar por um processo de transformação) enquanto que o poliéster, nylon, poliamida e o elastano são fibras sintéticas. O preço do fio pode variar enormemente, mas tudo depende da fibra usada, as suas combinações, a espessura do fio e da tecnologia usada nos processos de fiação.

Qual é o melhor?
Tudo depende dos objetivos da peça, como por exemplo a silhueta e caimento desejado, ou seja, os atributos que você deseja ser atendido na peça final. De maneira geral, na alfaiataria e camisaria é amplamente utilizado o tecido plano, já a malha se ajusta melhor à moda praia e esportiva.

Tecido plano
Constituído por um entrelaçamento dos fios de trama mais os fios de urdume. Por conta deste processo de construção do fio, os tecidos tendem a ter a sua elasticidade reduzida (em comparação à malha) e a sua superfície é mais plana, sendo versátil tanto para peças mais sofisticadas e formais, quanto para peças mais casuais.

Existem uma variedade de caimentos nesse tecido plano: dos mais estruturados, como sarjas pesadas com caimento mais reto, aos mais fluídos, como em construções cetins de viscose ou seda. Ideal para a criação de peças que vão das mais formais (trajes masculinos e vestidos para festas) às mais despojadas como batas e camisas mais fluídas. Sobre a silhueta, tecidos planos podem ser usados para evidenciá-la, em peças justas como elastano, ou disfarçá-la em peças com modelagens amplas.

Construção do tecido plano
Exemplo de tecido plano

Malha
A malha é constituída por fios têxteis, que são tramados sempre na horizontal, na mesma direção. Por esse motivo, a elasticidade da malha é superior em comparação ao tecido plano e seu uso se concentra mais em peças confortáveis e despojadas.

 

O vestuário esportivo e a moda praia são dois dos segmentos que mais utilizam esta base por conta do conforto e flexibilidade que ela oferece. Atualmente, está sendo muito utilizada em peças do streetwear, como moletons e calças jogger. Além da clássica camiseta, outro exemplo bastante comum de uso da malha é a camisa gola pólo.

Construção da malha
Exemplo de malha

Agora que você já entendeu mais sobre esses dois tecidos, que tal ficar por dentro de outras novidades e curiosidades? Então não deixe de seguir a nossa página no Facebook e Instagram.

Contato

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nome

Mensagem